Esperando a Primavera
por Dionilce

Da janela,
sinto em meu rosto,
o vento frio do ar.
Não quero esta brisa
que gela.

Estou à espera
da primavera,
do frescor de uma flor
que faz renascer o amor.

Estou à espera
do perfume de um jardim,
tão florido e cheiroso,
do aroma de um jasmim.

Estou à espera
dos campos coloridos,
das matas esverdeadas,
do esplendor da natureza,
desta magnífica beleza,
por Deus tão abençoada.

Venha, primavera!
Não demore a adentrar,
fazer nascer os sonhos,
colorir meu despertar.